Segunda-feira, 4 de Junho de 2012

Rock in Rio: Joss Stone é alegria

Joss Stone voltou a pisar, descalça, o Palco Mundo do Rock in Rio Lisboa para
mais uma hora de alegria e descontracção, características tão típicas de uma das
miúdas prodígio da nova soul britânica.

Depois de ter começado a carreira a fazer exclusivamente versões de grandes
êxitos da soul, como “Fell in Love with a Boy”, a inglesa veio a Portugal com um
repertório essencialmente composto por músicas novas, do disco "Soul Sessions
volume 2".

“Tear Drops”, “Don Cha Wanna Ride”, “Put Your Hands”, “Bruised But Not
Broken” ou a versão soul de “You got the Love” foram as melhores novidades do
concerto que arrancou com “For Gods Sake”, “Karma” e a energética “Super Duper
Love”.

Sempre de sorriso rasgado estampado na cara, a cantora caminhou calmamente ao
longo do palco e no meio de um público apaixonado pela doçura e beleza de alguém
que promete ascender ao estatuto de estrela.

Bryan Adams é quem se segue no Palco Mundo.

 

Fonte: Hard Música


publicado por Joana Duarte Portugal às 16:40
link do post | comentar | favorito

Números milionários do Rock in Rio e o show de Joss Stone no Rock in Rio-Lisboa

A inglesa sobe ao palco do Rock in Rio Lisboa, no Parque Bela Vista, sábado, e arrasa na performance

 

Enquanto Joss Stone  encantava o público do Rock in Rio Lisboa, no Parque Bela Vista, a gente recebia, aqui, um comunicado dos organizadores do evento sobre os números astronômicos do Rock in Rio.

Neste primeiro fim de semana do Rock in Rio-Lisboa 2012, o evento de música e entretenimento do mundo ultrapassou os 6 milhões de visitantes. Desde 1985 que cerca de 6.100.300 pessoas marcaram presença nas onze edições do Rock in Rio (cinco em Lisboa, Portugal; quatro no Rio de Janeiro, Brasil; e duas em Madrid, Espanha).

E é claro que em tempos de redes sociais - Facebook, Twitter, Orkut, Youtube e Google Plus - o Rock in Rio tem um total de 5.265.463 fãs que acompanham, em tempo real.

 

Voltando à diva Joss Stone, ela abriu o show com “For God's Sake”. Emendou com “Karma” e o bis teve “Right to be wrong”.

O Rock in Rio Lisboa termina hoje, 3. No mês de junho e julho, será a vez de Madri receber o evento. Já em 2013, o festival retorna ao Brasil e também realiza sua primeira edição na Argentina.

 

Fonte: Heloisa Tolipan


publicado por Joana Duarte Portugal às 16:25
link do post | comentar | favorito

Joss Stone faz show animado no Rock in Rio Lisboa

A inglesa Joss Stone se apresentou para 69 mil pessoas no festival, na capital portuguesa

 

A cantora Joss Stone se apresentou neste sábado (2) no Rock in Rio Lisboa, no Parque Bela Vista, para uma plateia animada e emocionada.

 

A inglesa se apresentou de pés descalços, com um vestido longo violeta, e sorriu durante toda a apresentação no festival. No setlist, ela incluiu os hits For God'd Sake, Karma e Right to be wrong.

O show seguiu a performance da banda The Gift na segunda noite do Rock in Rio Lisboa e reuniu mais de 69 mil pessoas. Na sequência, quem se apresentou foi o músico Bryan Adams.

O festival termina neste domingo (3), tem sua edição em Madri nos meses de junho e julho.

 

Fonte: Terra


publicado por Joana Duarte Portugal às 16:20
link do post | comentar | favorito

Joss Stone encanta público português no Rock in Rio Lisboa

Segunda atração a subir ao palco do Rock in Rio Lisboa, no Parque Bela Vista, na tarde deste sábado, a inglesa Joss Stone encantou o público com sua performance impecável. De vestido longo esvoaçante e pés no chão, a cantora fez sua voz poderosa ecoar pelos 200 mil m2 de área do parque ao abrir o show com “For God`s Sake” e levou todos ao coro em “Karma”. O show terminou com o bis de “Right to be wrong”.

A abertura do segundo dia do segundo fim de semana do festival foi da banda The Gift. Nesse momento está no palco Bryan Adams. A noite terminará ao som de Stevie Wonder. Até às nove da noite, a Cidade do Rock já contabilizava um total de 69 mil pessoas presentes.

Joss Stone e Stevie Wonder estiveram no Rock in Rio Brasil 2011, quando ela se apresentou em solo no Palco Sunset e ele encerrou a mesma noite do festival – um dia emblemático, com Concerto Sinfônico Legião Urbana, Janelle Monae Ke$ha e Jamiroquai.

O Rock in Rio Lisboa termina neste domingo, 3. No mês de junho e julho, será a vez de Madrid receber o evento. Já em 2013, o festival retorna ao Brasil e também realiza sua primeira edição na Argentina.

 

Fonte: Jornal do Brasil


publicado por Joana Duarte Portugal às 16:16
link do post | comentar | favorito

The Gift e Joss Stone trouxeram o sol ao Rock in Rio

Quando todos temiam que a chuva estragasse o espetáculo, The Gift e Joss Stone trouxeram o sol para o quarto dia do Rock in Rio Lisboa. A banda portuguesa teve a honra de abrir o palco Mundo, este sábado, perante milhares de pessoas.

No dia das tão aguardadas atuações de Bryan Adams e Stevie Wonder, Sónia Tavares, a vocalista da banda de Alcobaça trouxe a «Primavera» (último albúm do grupo) ao Parque da Bela Vista onde cantou músicas tão conhecidas como «Ok! Do You want something simple?» e «Fácil de Entender», que foi cantada em coro por toda a gente num dos momentos mais altos do concerto.

Com o público já bem animado depois do concerto dos portugueses, foi a vez da britânica Joss Stone voltar, quatro anos depois, à «Cidade do Rock» e com todo o seu soul encantar cerca de 70 mil pessoas  com sucessos como «You had me» e «Fell in Love with a boy», tendo ainda tempo para apresentar músicas novas, «Stoned out of my mind» e «Tear drops».

 

Fonte: A bola


publicado por Joana Duarte Portugal às 16:12
link do post | comentar | favorito

Rock in Rio Lisboa 2012 - Joss Stone (Concerto completo)


publicado por Joana Duarte Portugal às 15:17
link do post | comentar | favorito

RiR: Joss Stone, a senhora voz

Joss Stone continua a mesma menina doce que se apresentou ao mundo em 2003 com
as suas "Soul Sessions". Os mesmos cabelos longos e sedosos, os mesmos vestidos
compridos que lhe conferem aquela sensualidade exótica a que nos habituámos, a
mesma atitude soul a estar em palco
descalça. Mas quando Joss Stone começa a cantar é aí que nos apercebemos que
estamos perante uma "senhora voz" que faz cair queixos onde quer que
actue.

Joss Stone já esteve no Rock in Rio Lisboa em 2008 e no ano
passado esteve no Rock in Rio no Brasil, por isso, estar a cantar perante cerca
de 70 mil pessoas já não é exactamente um ambiente que estranhe e a cantora
inglesa não tem receios perante multidões. A prova disso é que miss Jocelyn Eve Stoker apostou num "menu"
musical que foge um pouco à regra do que os outros artistas têm vindo a fazer -
apostar em grandes êxitos e nos temas que todos conhecem bem.

A cantora reservou para o início da noite de hoje a interpretação de temas como 'Karma'
'Big Ol Game' (2009) e 'Stoned Out Of My Mind' e de cada vez que começava a
cantar um tema mais recente não se importava nada pelo facto da maioria não o
conhecer bem e dizia: «Vamos lá testar mais um para ver como corre!».

Mas uma grande voz tem de estar acompanhada de grandes instrumentistas e este jogo
matchy-matchy também foi feito na
perfeição em vários momentos do concerto, um deles com o tema 'Don't Cha Wanna
Ride'. Mais para o final ficaram, então, os "rebuçados" de 'Feel in Love', 'U
Had Me' e 'Right To Be Wrong' a confirmar Joss Stone como uma grande intérprete
de R&B; senhora para já ter vendido mais 11 milhões de discos. R&B com
Joss Stone é sinónimo de simpatia, simplicidade e doçura, seja com sucessos
seguros ou com temas mais desconhecidos.

A interpretação de 'Teardrops',
um original da dupla Womack & Womack, foi mais um momento que pôs à prova, e
a passar com 20 valores, a prestação da cantora da terra do céu
cinzento.

Num registo muito diferente pôs-se o sol no palco lá mais atrás
do Parque da Bela Vista com o trio Luís
Represas, João Gil e Jorge Palma
. Três bons amigos, mais de três décadas
com a alça da guitarra a fazer-lhes parte da "farda de trabalho" e muitas
histórias divertidas juntos. Luís Represas e João Gil lançaram no final do ano
passado um álbum de originais em conjunto. Desde o fim dos Trovante que não se
juntavam e o resultado foram temas como 'Quando Eu Voltar a Nascer', 'Diz-me
Tudo Meu Pai' e 'Rouba-Corações' - a música de arranque de concerto.

Com um início meio atribulado, com alguns problemas de ordem técnica, a dupla entrou
num registo bastante informal como, aliás, o espaço pedia (muito diferente do
ambiente do CCB onde apresentaram, com todo o requinte, este CD a duas vozes).
Jorge Palma ajudou, como se conhece, a "informalizar" ainda mais o contexto do
concerto quando não parou de abraçar e de se encostar a Luís Represas que com
ele cantou 'Encosta-te a Mim'. 'Portugal Portugal' levou o público a gargalhar e
aplaudir  a prestação fervorosa de Palma que, com alguns atropelos iniciais,
provocou outro momento bem-disposto com João Gil a anunciar: «Agora vamos ter um
momento único. Vou fazer um solo de ferrinhos!». Isto enquanto Jorge Palma se
debatia com a guitarra que se juntou ao cavaquinho de Represas.

Muita alegria e simpatia são as notas dominantes deste fim de tarde.
 
Fonte: Cotonete

publicado por Joana Duarte Portugal às 15:12
link do post | comentar | favorito

Joss Stone traz muito soul e simpatia à Bela Vista

Joss Stone deu início ao seu concerto no Rock in Rio com um agudo potente, que seria uma boa amostra daquilo que se viria a seguir. A cantora britânica de 25 anos exibiu o seu impressionante vozeirão (à falta de melhor termo) ao longo de toda a actuação, encantando os presentes.

Uma verdadeira diva (no melhor sentido possível), Joss flutuava pelo palco com um longo vestido azul e cabelo ao vento, exibindo uma extraordinária voz, francamente surpreendente ao vivo. Para além da excelente performance vocal, a cantora mostrou desde o primeiro momento uma imensa simpatia, brincando e elogiando o público português. Mesmo nos temas menos conhecidos do grande público, Joss deliciou quem a ouvia com a potência da sua voz e uma musicalidade notável, suportada por uma fantástica banda de apoio.

Pelo meio, a cantora apontou para um festivaleiro que descia pelo slide, rindo-se e mostrando-se surpreendida, com o seu forte sotaque britânico. Destaque ainda para o tema "You Got The Love", original de 1986 de The Source and Candi Staton, que pode ter surpreendido quem conhece apenas a versão de Florence and The Machine, mas que Stone gravou para o seu disco "Colour Me Free!", de 2009.

O momento mais marcante chegou no final do concerto, com o êxito "Right To Be Wrong", que desde os primeiros acordes lançou a euforia no público, que cantava a letra tão alto quanto Joss, emocionando a cantora e provocando arrepios a quem observava.

 

Fonte: My way


publicado por Joana Duarte Portugal às 15:09
link do post | comentar | favorito

Joss Stone mostrou músicas novas no Rock in Rio

Joss Stone cantou "Karma" no meio do público

Joss Stone regressou este sábado ao Rock in Rio, onde apresentou duas canções
novas às 69 mil pessoas que se encontram na "Cidade do Rock".

Joss Stone subiu ao palco com uma leveza que contrasta com a profundidade do
soul da sua voz. Simpática e comunicativa, arrancou com "For God"s sake" e à
segunda canção, "Karma", já rodopiava junto ao público, que retribuiu a
dedicação da cantora inglesa.

De regresso ao Rock in Rio Lisboa, quatro anos depois, ainda se conseguiu
surpreender com a visão do público a ocupar o anfiteatro natural do Parque da
Bela Vista: "Vocês são tantos."

A cantora aproveitou a passagem por Portugal para partilhar com o público
duas canções novas: "Stoned out of my mind" e "Tear drops".

Antes de chegar aos êxitos, ainda houve tempo para uma versão de "You"ve got
the love", canção popularizada na voz de Florence Welsh, dos Florence and the
Machine.

Para o final ficaram os sucessos radiofónicos "You had me" e "Fell in Love
with a boy", coroados com "Right to be wrong" no encore. Apenas faltou a popular
"Super duper love (are you diggin' on me?)".

 

Fonte: JN


publicado por Joana Duarte Portugal às 15:03
link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

Joss Stone: "A primeira vez que cantei em público foi terrível"

Em cinco anos, Joss Stone já vendeu mais de dez milhões de discos

 

A menina bonita da soul e do jazz este domingo no Coliseu do Porto e segunda-feira no Coliseu de Lisboa. Na bagagem traz o seu novo disco, ‘Colour Me Free'.

- A Joss Stone está de regresso a Portugal para mais dois espectáculos. O que podemos esperar destes novos concertos?

- O melhor é não esperarem nada porque eu não sei ao certo o que vai acontecer (risos)

- Como assim?

- Eu nunca preparo os meus concertos. As coisas correm como tiverem de correr. Geralmente é o público que me diz o que eu devo fazer em palco. Antes de cada espectáculo eu só quero saber quantas canções posso interpretar, mas nunca defino nenhum alinhamento. Em palco interpreto aquilo que me apetecer na altura ou aquilo que o público me pedir para cantar.

- Recorda-se do seu ultimo espectáculo por cá?

- Sim. Foi fantástico. Lembro-me de um público muito divertido que me fez rir muito.

- Teve tempo para passear?

- Infelizmente não. Foi tudo muito apertado. Acho que tenho que vir uns dias de férias para conhecer melhor o País.

- A Joss Stone lançou o seu primeiro disco com apenas 16 anos. Hoje tem 22 e está de volta com um novo trabalho ‘Colour Me Free'. Como sente a sua evolução enquanto cantora?

- Eu estou mais velha e hoje sei exactamente aquilo que quero fazer. Por isso acho que este é o meu melhor trabalho. Antes eu até sabia o que queria, mas não sabia lá chegar. Ainda não dominava bem estas linguagens da música. Hoje estou muito mais à vontade. Sinto-me mais completa.

- É verdade que demorou apenas uma semana a fazer este disco?

- Sim, é verdade (risos). Um dia acordei e disse para mim mesma "quero fazer um disco hoje". Eu gosto de ser espontânea e sou da opinião que quando sentimos vontade de fazer uma coisa, devemos aproveitar essa energia imediatamente. Foi o que aconteceu. Telefonei logo à minha banda e no dia seguinte já estávamos todos em estúdio.

- Disse numa entrevista que ‘Free Me', o primeiro single, é sobre ser livre em todos os sentidos. No seu caso acredita que é possível para um músico ser totalmente livre da indústria e do mercado da música, por exemplo?

- Eu acho que é possível sermos livres de determinados aspectos deste negócio. Claro que há muito dinheiro a passar de mão em mão à custa do nosso trabalho, mas em relação a isso não podemos fazer nada, até porque temos que fazer os nossos discos chegar às prateleiras das discotecas. Mas eu acho que do ponto de vista criativo podemos e devemos ser totalmente livres da indústria.

- E a Joss Stone sente-se livre?

- Sim, totalmente. Sou eu quem faz a minha música, como quero e da maneira que quero.

- Já vendeu dez milhões de discos em todo o Mundo. O que é que este número significa para si?

- Significa que muita gente gosta de mim (risos) e que a minha obrigação é não desiludir ninguém.

- Recorda-se da primeira vez que cantou em público?

- Sim. Foi terrível. Chorei no inicio e chorei no fim. Odiei fazê-lo.

- Porquê?

- Porque o que seu sempre quis foi cantar e não que me vissem a cantar. Eu podia cantar em casa, na sala ou mesmo no estúdio, mas não queria que ninguém me visse. Depois descobri a beleza de actuar ao vivo e hoje acho que subir a um palco é uma sensação extraordinária.

- É verdade que desistiu da escola para cantar?

- Sim, mas se não fosse pela música eu acho que ia acabar por desistir da escola por outro motivo qualquer. Eu nunca gostei muito da escola, mas acho que vou voltar um dia.

- E os seus pais, sempre a apoiaram?

- Sim, eles sempre estiveram ao meu lado. Quando eles perceberam que eu não ia seguir uma carreira académica, nunca me contrariaram. E isso para mim foi um incentivo muito grande porque eu odiava mesmo a escola. Quando eu comecei a cantar eles ficaram muito surpreendidos: "Meu Deus, ela sabe fazer alguma coisa" (risos).

- E como é que eles hoje vêem a sua carreira de sucesso?

- Eles estão muito satisfeitos. Às vezes viajam comigo e tudo.

- Como é que se deu o seu primeiro contacto com o mundo da música?

- Foi em casa. Quando eu era miúda a minha mãe ouvia muito Whitney Houston e Melissa Etheridge. O meu pai, por outro lado, ouvia muito Bob Marley. Acho que sempre estive rodeada de boa música e isso influenciou-me muito.

- Como é que está a lidar com isto do sucesso, da fama, da imprensa?

- Eu sei que isso faz parte do meu trabalho, por isso não me queixo.

- A Joss Stone mudou muito como pessoa desde que começou?

Eu espero que sim (risos), porque eu era muito nova. Eu tinha catorze anos. Era uma adolescente que sabia muito pouco da vida.

- Aos 22 anos consegue arranjar tempo para estar com os amigos, sair e namorar?

- Sim. Todos os meus tempos livres eu aproveito para fazer todas as coisas que as jovens da minha idade fazem. Depois eu tenho a sorte de todos os meus grandes amigos fazerem parte da minha banda e por isso ando sempre com eles.

- Mas não pensa que por vezes pode estar a perder parte da sua vida, ao passar o tempo a viajar de um lado para o outro?

- Não. Eu penso o contrário. Eu acho que estou a ganhar. Eu quero conhecer o Mundo e a minha profissão proporciona-me isso. Cantar já é para mim como uma missão, se não fizesse isto é que estaria a desperdiçar a minha vida.

- Quem é a Joss Stone longe da música?

- Sou uma pessoa que gosta de cozinhar, de pintar e de passear os meus cães. Eu amo os meus cães. E gosto muito de estar em casa. Não sou muito de sair. Nunca fui.

- Como é que está, neste momento, a sua carreira como actriz?

- Neste momento está parada (risos. Não há nada de novo. Eu participei na série ‘The Tudors', o que foi muito divertido e gostava de fazer mais trabalhos como actriz, mas na verdade eu não sei se sou boa nisto ou não (risos). Eu fiz aquilo apenas por diversão. É a minha música que eu levo mais a sério.

 

Fonte: Vidas


publicado por Joana Duarte Portugal às 12:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.MENU

HI5

YOU TUBE

.BEM VINDO (A)

Bem-vindo a este blog dedicado à talentosa cantora Joss Stone. Aqui encontrarás as últimas notícias, fotos, videos e muito mais sobre a Joss. Espero que gostes do meu trabalho e volta sempre que quiseres.

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.GALERIA DE FOTOS

.pesquisar

 

.posts recentes

. Rock in Rio: Joss Stone é...

. Números milionários do Ro...

. Joss Stone faz show anima...

. Joss Stone encanta públic...

. The Gift e Joss Stone tro...

. Rock in Rio Lisboa 2012 -...

. RiR: Joss Stone, a senhor...

. Joss Stone traz muito sou...

. Joss Stone mostrou música...

. Joss Stone: "A primeira v...

.arquivos

. Junho 2012

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

.E-MAIL

Se tiveres coisas da Joss Stone que queiras partilhar com outros fãs ou qualquer dúvida que tenhas podes comentar no blog ou enviar um e-mail para: ASMAISFIXES2@HOTMAIL.COM

.ELITE